20/08/2017

Sem fim

(...) mas eu tenho o direito de gostar sem que gostem de mim,
e também o de chorar, que não se negue a ninguém.

Maria José
(heterônimo de F. Pessoa),
em Carta ao Sr. António.


Era um amor
tão bonito...
tão lindamente
sentido...

Não deveria
ser permitido
amar assim

tão 
sem

fim


h.f.
20 ago./2017


19/08/2017

Puxadinho

Sonhava
um cantinho
de inutilidades
e alinhos
no quintal

Acabou
com um
puxadinho
multi-
funcional

Prioridades, às vezes, mudam...


Penélope,
19 ago./2017


É de sua natureza

O poema
às vezes
vem
medíocre

É de sua
natureza
ser
medíocre

Ainda que
o poeta

com 
destreza
afeto

o verso
lapide

pouco
o redime


Penélope,
19 ago./2017


18/08/2017

Não preciso

Um dia,
não preciso
quando,

escreverei
"Cartas
a Fernando"


Penélope,
18 ago./2017


Na poesia,

como n'outra 
espécie escrita
 ficcional
ou científica,

há o tempo
das cheias 

das estiagens

Em todas
essas paragens,

hiatos 

me 
      
(des)fazem


h.f.
18 ago./2017


"O sonhador, em seu devaneio, não consegue sonhar diante de um espelho que não seja profundo."

(Gaston Bachelard)